Retenção de líquidos

Retenção de líquidos: como ocorre e o que fazer para evitar

A retenção de líquidos é um problema comum que pode afetar pessoas de todas as idades. É caracterizada pela acumulação excessiva de líquidos no corpo, o que pode levar a inchaço, dores e desconforto.

Razões pelas quais a retenção de líquidos pode ocorrer

Existem várias razões pelas quais a retenção de líquidos pode ocorrer. Alguns dos fatores mais comuns incluem:

  • Alterações hormonais: As alterações hormonais, como a menopausa e a gravidez, podem levar a alterações na produção de hormonas que regulam o volume de água do corpo.
  • Estilo de vida: A falta de exercício, uma dieta desequilibrada, o excesso de sal e consumo excessivo de álcool também podem contribuir para a retenção de líquidos.
  • Condições médicas: Algumas condições médicas, como a insuficiência cardíaca, os problemas renais e tiroide, podem levar a retenção de líquidos.
  • Síndrome pré-menstrual: A retenção de líquidos é um sintoma comum da síndrome pré-menstrual, que ocorre nas semanas antes da menstruação.
  • Idade: A retenção de líquidos é mais comum à medida que envelhecemos, pois a circulação pode ficar mais lenta com o tempo.
  • Genética: Algumas pessoas têm uma predisposição genética para a retenção de líquidos.

O que pode fazer para evitar a retenção de líquidos

Copo de água.
Mantenha-se hidratado.

Para tratar a retenção de líquidos, é importante identificar a causa subjacente e tratá-la. Se a retenção de líquidos é devido a uma condição médica, é importante seguir as recomendações do médico. Se a retenção de líquidos é devido a alterações hormonais ou estilo de vida, algumas medidas que podem ajudar incluem:

  • Beber muita água: Manter-se bem hidratado pode ajudar a reduzir a retenção de líquidos.
  • Evitar o consumo excessivo de sal: O excesso de sal na dieta pode levar a retenção de líquidos. Limite o consumo de alimentos processados e adicione pouco ou nenhum sal extra às suas refeições.
  • Praticar exercícios físicos regularmente: O exercício físico regular pode ajudar a melhorar a circulação e ajudar o corpo a eliminar o excesso de líquidos.
  • Usar meias de compressão: As meias de compressão podem ajudar a diminuir a retenção de fluidos nas pernas.
  • Evitar ficar muito tempo de pé ou sentado: Tentar mudar de posição com frequência e andar um pouco pode ajudar a melhorar a circulação e evitar a retenção de líquidos.

Que exercício físico pode ajudar

Mulher a fazer yoga.

O exercício físico regular pode ajudar a melhorar a circulação e ajudar o corpo a eliminar o excesso de líquidos. Alguns dos exercícios que podem ser úteis na redução da retenção de líquidos incluem:

  • Caminhada: A caminhada é um exercício de baixo impacto que pode ajudar a melhorar a circulação e ajudar o corpo a eliminar o excesso de líquidos.
  • Natação: A natação é um exercício que trabalha todos os grupos musculares do corpo e pode ajudar a melhorar a circulação.
  • Ciclismo: O ciclismo é um exercício cardiovascular de baixo impacto que pode ajudar a melhorar a circulação e a reduzir a retenção de líquidos.
  • Yoga: Alguns dos movimentos de yoga, como a posição da árvore ou a posição da cabeça para baixo, podem ajudar a estimular a circulação e a eliminar o excesso de líquidos.

Lembre-se de sempre conversar com um médico ou profissional de saúde antes de começar qualquer programa de exercícios novo. Eles poderão ajudá-lo a encontrar o tipo de exercício que melhor se adequa às suas necessidades e condições de saúde.


Em resumo, a retenção de líquidos é um problema comum que pode ser tratado tomando medidas simples, como manter-se bem hidratado, limitar o consumo de sal, praticar exercícios físicos regularmente, usar meias de compressão e evitar ficar muito tempo de pé ou sentado.

No entanto, é importante lembrar que é sempre melhor procurar o conselho de um médico se a retenção de fluidos persistir ou se estiver acompanhada de outros sintomas. Se a causa da retenção de líquidos for uma condição médica subjacente, é importante seguir as recomendações do médico para tratá-la adequadamente.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: