Temperatura da água após um treino

A importância da temperatura da água após um treino

Após um treino, seja ele ao ar livre, em casa, no ginásio ou noutro sítio qualquer, todos temos o habito de tomar um banho. Ninguém gosta de ficar suado ou de cheirar mal. Por isso, mal acaba o treino, lá vamos nós, tomar um banho. Mas com que temperatura da água toma banho? Isso faz alguma diferença? De facto, a escolha da temperatura da água após um exercício físico desempenha um papel na recuperação do seu corpo.

Um banho relaxante, traz de volta a vitalidade ao corpo enquanto descansa os músculos que, entretanto, foram sobrecarregados de trabalho.

Em primeiro lugar, o duche e/ou banho é particularmente benéfico para a pele, pois limpa os detritos e bactérias que se acumulam com o suor e ajuda a prevenir os poros entupidos.

Os benefícios do banho de água fria

Se ele for tomado depois de um treino, o banho de água fria, pode ajudar a aliviar a tensão muscular, devido aos seus efeitos no fluxo sanguíneo, remove o ácido láctico e ajuda o seu corpo a recuperar.

A baixa temperatura da água causa vasoconstrição (o aperto dos vasos sanguíneos), que reduz o fluxo sanguíneo para a pele e membros. Esta redução do fluxo sanguíneo reduz a inflamação e o inchaço das fibras musculares após um treino e assim alivia a dor.

Os banhos frios também ajudam a reduzir mais rapidamente o ritmo cardíaco.

Reduz os níveis de ácido úrico. As pessoas com hipertensão, doença renal e excesso de peso têm frequentemente níveis elevados de ácido úrico. Quando o seu nível de ácido úrico excede os 5,5 mg por decilitro, tem um risco aumentado de muitas doenças, incluindo doenças cardíacas, fígado gordo, obesidade, diabetes, hipertensão, doenças renais e muitas outras doenças.

Os benefícios do banho de água quente

Por outro lado, o banho de água quente, para além de relaxante, aumenta a circulação sanguínea, permitindo que nutrientes e oxigénio sejam entregues às articulações, ajudando-as a recuperar os vasos sanguíneos, a relaxar e a alargar naturalmente, contribuindo para um melhor e mais direto fluxo sanguíneo.

A combinação das duas temperaturas

Ao mesmo tempo, uma combinação de água fria e quente pode produzir melhores resultados, uma vez que a alternância térmica melhora o fluxo sanguíneo.

Comece com água quente. Tome o banho normalmente. Depois, no final do banho, passe para o banho frio e termine com ele.

Os banhos diários, começando com água quente e terminando com 30-90 segundos de água fria, podem reduzir significativamente a possibilidade de apanhar uma constipação.

Conclusão

O banho após o treino é um processo importante. Não só ajuda a estar limpo, como também ajuda a recuperar e a reduzir a temperatura.

Poderá beneficiar com o banho, se tiver dores musculares, se estiver muito cansado ou se acabou de fazer um treino, seja ele intenso ou não. Experimente esta técnica da combinação das duas temperaturas de água e notará uma diferença.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: