Lipocavitação

Lipocavitação: como funciona este tratamento

Já ouviu falar na lipocavitação, a inimiga da gordura localizada?! Nenhuma mulher gosta de ter gordura localizada, mas a realidade é que ela faz parte da vida de muitas mulheres. Infelizmente, a gordura localizada é um inimigo muito difícil de combater e não se pode esperar pela chegada do verão para a eliminar da sua vida.

Se faz uma dieta equilibrada, exercício físico regular, faz sempre aqueles exercícios para combater a celulite nas pernas e nádegas e até acrescentou à sua dieta aqueles alimentos que a ajudam a combater a celulite e nada. Já não sabe mais o que pode fazer para eliminar aquela gordura localizada que tanto detesta. Então a lipocavitação pode ser a sua solução.

O que é a lipocavitação?

A lipocavitação é um tratamento seguro, sem dor e sem cirurgia que promete a perda de gordura a partir da primeira sessão. Assim como outros tratamentos, a lipocavitação ajuda na perda de gordura localizada.

Através da energia de ultrassons para vibrar e decompor com segurança as membranas das células adiposas e sem danificar os tecidos circundantes, a lipocavitação provoca a morte das células gordas, e estas acabam por ser eliminadas através de processos metabólicos normais. A esta destruição irreversível de adipócitos e liquefação da gordura através de ultrassons chamamos cavitação.

Assim esta técnica é muito eficaz na perda de gordura localizada sem ter que fazer nenhuma cirurgia, sem ter nenhuma cicatriz e o melhor de tudo é que tem uma recuperação imediata.

Quais as vantagens da lipocavitação?

Pessoa numa balança
  • A lipocavitação tem resultados imediatos logo no primeiro tratamento.
  • Não precisa de fazer dieta ou exercício para a poder fazer.
  • Não provoca dor.
  • É um método não invasivo, ou seja, não precisa de cirurgia, agulhas ou bisturis.
  • Não necessita de tempo de recuperação, podendo regressar imediatamente as suas atividades diárias.
  • É completamente seguro.

Em que áreas pode ser aplicada a lipocavitação?

A lipocavitação pode ser aplicada no abdómen, nos braços, nas coxas, nas nádegas e na parte interna dos joelhos.

Podemos combinar a lipocavitação com outros tratamentos?

Claro que sim, fale com o profissional da clínica especializada e certificada que lhe vai fazer o tratamento para saber qual é a melhor combinação para si. Mas normalmente pode combinar a lipocavitação com a criolipólise, a radiofrequências, e a mesoterapia corporal.

A quem é indicado a lipocavitação?

O tratamento de lipocavitação é indicado para quem tem gordura localizada. Mas o ideal é falar com o seu médico antes, pois pode ter algum problema de saúde que não seja compatível com este tratamento, como algum problema de pele ou problemas de hipertensão, ou da tiroide, por exemplo. Se está grávida também não deve ser submetida a este tratamento.

Se ainda não tentou fazer uma dieta equilibrada combinada com exercício físico, pondere fazê-lo primeiro, até porque a lipocavitação não impede de voltar a ter celulite se não fizer nada para a impedir. Já para não falar que a lipocavitação envolve custos.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: