Dieta da sopa

Dieta da sopa: como fazer esta dieta

Com o Natal a chegar, começamos a pensar nos doces que tanto gostamos de comer e nos quilos que podemos ganhar. Quando olha para o seu peso ou para o seu espelho, não é bem o que quer ver. A dieta da sopa pode ser a solução para perder alguma gordura de modo a se sentir bem e ainda poder caber naquele vestido ou fato que tanto quer usar no jantar de natal.

Esta dieta é recomendada por apenas 7 dias, pois é uma dieta em que se perde peso rápido. Não precisa de muito esforço para conseguir elaborar um menu para esses 7 dias e não é uma dieta que envolva comprar alimentos muito caros.

Se quiser fazer esta dieta por mais tempo irá ter que fazer intervalos durante os quais, volta a fazer a sua alimentação equilibrada, evitando sempre os excessos, pois o plano de alimentação da dieta da sopa não se consegue seguir para sempre.

As sopas são fáceis de digerir, pois não pesam o estômago, têm poucas calorias e podem ser facilmente preparadas, oferecendo variedade às suas refeições. São ricas em fibras, nutrientes, minerais e vitaminas. Pode ser seguida por quem é sedentário ou por quem treina diariamente. Mas é claro que quem treina todos os dias conseguirá perder uns quilinhos extra, comparado a quem é sedentário, ou seja, depende de si a quantidade de quilos que perderá, pois é sempre benéfico aliar o exercício físico a uma dieta.

Como fazer a dieta da sopa?

sopa

Nesta dieta tem que comer sopa nas duas refeições principais do seu dia. Aproveite os vegetais sazonais para fazer as suas sopas.

Pode adicionar proteína à sua sopa para a tornar mais equilibrada. Aproximadamente do tamanho de metade da palma da mão é suficiente. Pode colocar, por exemplo, frango ou peixe.

Não coma sempre a mesma sopa. Com tantas receitas de sopa que existem, pode variar à vontade.

Para as suas outras refeições faça uma alimentação equilibrada sempre. Por exemplo, ao pequeno-almoço um iogurte e uma maça e ao lanche uma chávena de leite de amêndoa sem adição de açúcar.

Esta dieta não permite beber bebidas alcoólicas devido à necessidade de remover a gordura que se acumulou no seu sistema.

Pode beber café, mas sem adição de açúcar ou leite.

Não pode comer pão, fritos, beber bebidas gaseificadas ou dietéticas e refrigerantes.

Quais as vantagens de comer sopa?

  • Comer sopa controla melhor a fome e ainda nos mantêm saciados durante mais tempo, graças ao seu teor de fibras.
  • Ao comer mais fibra também evita a obstipação.
  • A sopa contém vitaminas, minerais e antioxidantes, que ajudam a reforçar as defesas do seu organismo.
  • Contribui para a hidratação diária do corpo devido à elevada quantidade de água que contém.
  • Faz com que coma uma quantidade maior e mais variada de vegetais.

Quais as desvantagens de comer sopa?

Homem cansado.
  • Algumas pessoas reduzem o seu consumo de frutas e/ou grupos alimentares importantes para uma dieta equilibrada.
  • A elevada quantidade de sal que algumas pessoas colocam nas sopas pode levar a doenças como a hipertensão.
  • Não é um plano de alimentação saudável a longo prazo, devido à sua restrição alimentar.
  • Pode acabar por reduzir o consumo de calorias a níveis inseguros.
  • É uma dieta bastante monótona, o que por vezes pode tornar-se difícil de concretizar sem cometer um ou outro pecado de gula.

Esta dieta tem efeitos secundários?

Durante a dieta pode sentir fraqueza, tonturas, cansaço, dores de cabeça e indisposição devido ao baixo consumo de carboidratos, a principal fonte de energia do organismo.


Sopa de legumes.

A dieta da sopa pode ser muito restritiva, mas pode ser benéfica para a saúde e para a perda de peso se conseguir incluir uma variedade de alimentos de todos os grupos.

Ao fim de 7 dias desta dieta encontrará diferenças visto que é uma dieta baixa em calorias, mas alta em fibras.

Lembre-se que deve sempre queimar mais calorias do que as que ingere para conseguir perder gordura.

Se pensa fazer esta ou qualquer outra dieta, consulte o seu médico ou nutricionista primeiro, principalmente se tem algum problema de saúde. Algumas dietas são demasiado restritivas e podem provocar deficiências alimentares. Um especialista, como um nutricionista, por exemplo, pode fazer-lhe uma dieta personalizada.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: