Dieta cetogénica

Dieta Cetogénica: o que é e quais os benefícios

A dieta cetogénica baseia-se no consumo de uma elevada percentagem de gorduras e uma baixa percentagem de hidratos de carbono (apenas cerca de 10%).

Ao seguirmos esta dieta, o corpo fica privado da glicose obtida através da ingestão de alimentos ricos em hidratos de carbono, a principal fonte de energia para todas as células do corpo humano. Na ausência dos hidratos de carbono, o corpo recorre às moléculas ácidas produzidas e acumuladas no corpo durante o metabolismo das gorduras. Estas moléculas ácidas são mais conhecidas como cetonas. A este processo dá-se o nome de cetose. Estas cetonas são produzidas principalmente pelo fígado durante a queima de gordura.

Portanto, esta dieta força o corpo a metabolizar a gordura para a energia de que necessita em vez de hidratos de carbono, queimando, assim, a gordura indesejada.

Este processo demora cerca de 3 a 4 dias até que as células aprendam a utilizar as cetonas como fonte primária de energia no lugar dos hidratos de carbono.

Desta forma, esta dieta, reduz as dores da fome, sacia e aumenta a perda de tecido adiposo (onde o corpo armazena a gordura), originando uma rápida perda de peso.

Que alimentos pode comer numa dieta cetogénica

Como utiliza a gordura para a produção de energia, nesta dieta, devemos comer cerca de 80% de gordura, ou seja, alimentos não transformados e ricos em nutrientes como a carne vermelha, peixe, ovos, azeite, manteiga, abacates, nozes…

O restante, deve ser alimentos ricos em hidratos de carbono como a massa, o arroz, batata-doce, vegetais verdes…

No geral pode comer: carne de porco, vaca, frango, cordeiro, cabrito, peru, sardinhas, anchovas, salmão, dourada, atum, mariscos, moluscos, ovos e vegetais (principalmente vegetais de folhas verdes sazonais, espinafres, alface, iceberg, couve, couve-flor, brócolos, couve-flor, pepinos, beringela, feijão-verde, e espargos).

Para cozinhar pode usar gorduras saudáveis como o azeite virgem extra, óleo de coco, banha e a manteiga.

As frutas que pode comer são o abacate, os morangos, as framboesas, os mirtilos, o coco, as nozes

O café e o chá também são permitidos, mas é importante não utilizar açúcar ou edulcorantes artificiais.

Que benefícios traz esta dieta?

Os principais benefícios são:

  • O corpo regular melhor o açúcar no sangue
  • Melhora a resistência à insulina
  • Melhora a pressão sanguínea
  • É favorável no tratamento da epilepsia e outras doenças neurológicas como o Alzheimer, o Parkinson e as perturbações do sono
  • Tem uma maior perda de peso nos primeiros meses de dieta comparada às outras dietas
  • Evitar os hidratos de carbono tem um efeito particularmente favorável em condições como a síndrome do cólon irritável e a doença de Chron

Esta dieta tem efeitos secundários?

Pessoa cansada
A fadiga e dores de cabeça, são alguns dos efeitos secundários da dieta cetogénica

Sim, principalmente nos primeiros dias. Pode ter efeitos secundários sem gravidade como fadiga, dores de cabeça, falta de sono, náuseas, falta de energia, cãibras musculares nas pernas, por exemplo.

Esta dieta também não deve ser realizada a longo prazo, pois pode causar osteoporose, aumento dos níveis de ácido úrico no sangue e aumento do risco de pedras nos rins.

Em casos raros, esta dieta pode levar à cetoacidose, uma condição grave de altos níveis de cetonas no seu corpo. Esta condição é mais frequente em pessoas com diabetes tipo 1 porque não produzem insulina, uma hormona que impede a produção excessiva de cetonas.

A exclusão de certos grupos alimentares provoca deficiências nutricionais?

Sim, e para que tal não aconteça na dieta cetogénica, é importante que inclua uma variedade de carnes, peixes, vegetais, frutas, frutos secos e sementes, e não coma só alimentos ricos em gordura. Assim, garante uma ingestão adequada de fibras, vitamina B e minerais como o ferro, o magnésio e o zinco, encontrados em alimentos como os cereais integrais, que por sua vez, estão restringidos nesta dieta.

É, portanto, aconselhável recorrer a um nutricionista para o ajudar a implementar e minimizar as carências de nutrientes provocadas por esta dieta.

Esta dieta tem desvantagens?

Sim, o aumento do consumo de gorduras não-benéficas pode aumentar os triglicéridos e o mau colesterol com um impacto direto na saúde do coração e do fígado.

Pode ter obstipação, devido à falta de fibra que obtinha das frutas e vegetais e que não estão presentes nesta dieta.

A ausência de hidratos de carbono conduz não só a deficiências significativas de vitaminas e oligoelementos, mas também a uma redução da energia e aumento das dores de cabeça.

Ao aumentar o consumo de proteínas, pode prejudicar a saúde dos rins, pois são estes que têm de metabolizá-la.

Quem pode fazer esta dieta?

Esta dieta é recomendada àqueles que querem eliminar a gordura do seu corpo rapidamente ou para fins terapêuticos, devendo sempre recorrer ao auxílio de um médico ou nutricionista para saber durante quanto tempo a deve fazer, tendo sempre a certeza de que não prejudica a sua saúde.

Atenção: Esta dieta não dispensa o exercício físico.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: