Dieta Dukan

Dieta Dukan: quais os pontos a favor e quais os contra

A dieta dukan, recebeu o seu nome do seu criador, o médico francês Pierre Dukan. O Dr. Pierre Dukan criou esta dieta rica em proteínas e baixa em hidratos de carbono, que promete uma rápida perda de peso, para ajudar uma pessoa que lhe implorou por ajuda na sua batalha contra a obesidade.

Ao ver que estava a obter resultados, o Dr. Pierre Dukan estendeu esta dieta a mais pacientes seus, acabando mesmo por escrever um livro sobre esta dieta, chegando até a ser um bestseller. Este livro foi traduzido em 14 línguas diferentes.

Esta dieta é baseada principalmente no consumo de proteínas, e divide-se em 4 fases. Mas quais são essas fases? O que se pode comer nesta dieta? E, mais importante ainda, esta dieta é segura?

As 4 fases da dieta

Esta dieta baseia-se em proteína magra, aveia, água e pelo menos 20 minutos de atividade física diária. Dukan acredita que a limitação dos hidratos de carbono impede o armazenamento de gordura. Portanto, nesta dieta há um consumo muito baixo de hidratos de carbono, e de gorduras e muito alto em proteínas.

Esta dieta está dividida em 4 fases: a fase de ataque, a fase cruzeiro, a fase de estabilização e a fase de manutenção.

Fase de ataque

Taça com ovos.
Os ovos são ricos em proteína magra.

A primeira fase ou fase de ataque, pode durar até 10 dias. Nesta fase pode comer proteína magra, tofu e tempeh, incluindo peixe e marisco em conserva (à excessão do peixe enlatado em óleo ou molho), em quantidades ilimitadas.

Os ovos são proteínas magras, mas não devemos exceder 1 gema por dia, já as claras de ovo pode comer ilimitadamente.

Os produtos lácteos sem gordura (restritos a 1 kg por dia) podem ser consumidos. Cuidado com os iogurtes de pedaços de fruta, pois como a fruta não é permitida nesta fase, então não os pode consumir.

Também pode comer 1,5 colheres de sopa de farelo de aveia e pelo menos 2 litros de água diariamente. Não é permitido quaisquer hidratos de carbono.

Cozinhe como pretender, desde que não utilize óleo ou azeite.

Fase de cruzeiro

A segunda fase ou fase de cruzeiro, pode durar vários meses, pois fica nesta fase até que consiga a perda de peso desejada. Nesta fase já pode adicionar os vegetais não amiláceos (vegetais pobres em amido) à sua alimentação. Vegetais como a alcachofra, brócolos, beringela, couve, alface… em quantidades também ilimitadas, mas apenas dia sim, dia não, ou seja, em dias alternados.

Nesta fase já pode comer 1 colher de chá de azeite cru por dia.

Aumente mais meia colher de sopa de farelo de aveia, fazendo um total de 2 colheres de farelo de aveia.

Fase de estabilização

Na terceira fase ou fase de estabilização, que dura 5 dias por cada quilo que perdeu, já pode comer legumes todos os dias e acrescentar uma peça de fruta (com excessão da uva, da banana e da cereja).

Também pode comer 1 porção de queijo duro e 2 fatias de pão integral. Já lhe é permitido comer até 2 porções de alimentos ricos em amido e 1 a 2 refeições onde pode comer o que quiser e 1 copo de vinho por dia.

Se vir que o seu peso começa a aumentar, repita durante alguns dias a fase 1 da dieta.

Fase de manutenção

Na quarta e ultima fase ou fase de manutenção, pode comer o que quiser, com a excessão de um dia por semana. Nesse dia tem que seguir as regras proteicas da primeira fase da dieta ou fase de ataque.

Nesta fase, come-se 3 colheres de sopa de farelo de aveia por dia. Já pode comer gomas sem açúcar, utilizar adoçantes artificiais, especiarias, café e chá sem açúcar.

Esta dieta foi programada para ser feita para o resto da vida, por isso, deve manter esta ultima fase.

A dieta dukan e o exercício físico

Mulher a fazer uma caminhada.
Faça uma caminhada diária de 20 minutos.

Nos primeiros dois dias da dieta não se deve fazer qualquer atividade física, pois esta dieta é muito rigorosa e ainda está numa fase de adaptação. Nos próximos dias, ainda dentro desta primeira fase, já se recomenda uma caminhada diária de pelo menos 20 minutos.

Na segunda fase, já pode fazer 25 minutos por dia e a partir da terceira fase já pode ir até 1 hora de exercício físico.

Nunca faça nenhum exercício físico muito intenso, pois pode se sentir mal. Faça antes uma caminhada ou ande de bicicleta. Esta dieta restringe muitos alimentos e o seu organismo tem que se adaptar a tal. Com o exercício físico mais intenso pode sentir fraqueza e mesmo tonturas. Não ultrapasse os seus limites.

A dieta dukan e os vegetarianos/veganos

Esta dieta é baseada no consumo de carne magra, peixe, marisco, produtos lácteos e ovos. O seitan, o tempeh e o tofu são uma opção para quem não come carne.

Mas na primeira fase, onde a dieta está muito restringida à proteína magra, pode ser mais complicada de a seguir, pois para os vegetarianos ou veganos a sua restrição é ainda maior.

Quais os pontos a favor desta dieta?

As duas primeiras fases desta dieta trazem com elas uma grande perda de peso, motivo pelo qual muitas pessoas querem experimentar esta dieta.

Não precisa de estar sempre a contar calorias, nem de andar preocupado com as quantidades de alimentos que ingere.

É baseada em alimentos fáceis de encontrar em qualquer supermercado e não precisa de nenhum produto ou bebida em especial.

É uma dieta que apesar de muito restritiva, não obriga a deixar de comer e por isso mesmo não passa fome.

Quais os pontos contra desta dieta?

Dieta Dukan: quais os pontos a favor e quais os contra

Dietas que excluem grupos alimentares, mesmo por um curto período, não são dietas equilibradas. Ao cortar nos vegetais, hidratos de carbono, leguminosas e frutas, no início da dieta, pode o levar a uma deficiência significativa de vitaminas, minerais, oligoelementos, fibras e antioxidantes, todas as substâncias necessárias para ser saudável.

A ingestão limitada de carboidratos leva à cetogénese, que pode leva-lo a sentir falta de energia, fadiga, tonturas, náuseas, dores de cabeça, vómitos, falta de concentração, diminuição do desempenho físico, bem como a uma respiração desconfortável, boca seca e mau hálito.

Devido à redução dos níveis de fibra pode ficar com obstipação e outros problemas intestinais.

Já uma ingestão elevada de proteínas a longo prazo, pode levar-lhe a ter danos renais.

O excesso de proteína que come nesta dieta é filtrado através dos rins, que utilizam a água para limpar o azoto. Esta condição pode levar à desidratação se não beber água suficiente.

A longo prazo esta dieta também pode-lhe trazer problemas como doenças hepáticas, osteoporose e doenças cardiovasculares.

Resumo

A dieta Dukan pode levar a uma grande perda de peso, mas pode trazer com ela muitos riscos para a sua saúde, tendo mesmo levado o seu criador Pierre Dukan a ser acusado pela Ordem dos Médicos de França.

Neste tipo de dietas drásticas, a restrição alimentar é tão grande, que acaba por fazer com que seja muito difícil seguir esta dieta. Como não é um plano alimentar equilibrado, a perda de peso é elevada, mas mais tarde, ao repor tudo o que deixou de consumir, pode acabar por recuperar todos os quilos que perdeu e até pode ganhar mais algum.

Se tem algum problema médico de qualquer natureza, deve consultar um médico antes de fazer qualquer dieta ou programa de exercício físico.

Não será que os riscos envolvidos em seguir esta dieta, superam os seus benefícios?


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: