8 passos para ter mais energia

8 passos para ter mais energia

Todos nós temos daqueles dias que nem dá vontade de sair da cama. Ouvimos o despertador a tocar e adiamos por mais uns minutos. O corpo ainda está cansado, e custa tanto sair da cama. Uma sensação de fadiga e rigidez apodera-se do nosso corpo e precisamos de energia para conseguir enfrentar o dia que temos pela frente. Se este é o seu caso, então tente implementar algumas destas dicas para ter mais energia para enfrentar o dia.

Dormir o suficiente

Durma pelo menos 8 horas, pois é durante essas horas que o seu organismo irá repor as suas energias e regular o seu metabolismo.

Se sente dificuldade em adormecer, evite ruídos e fontes de luzes brilhantes como o telemóvel, a televisão e o computador.

Adormeça e acorde à mesma hora, todos os dias. Estabelecer uma rotina ajuda.

Não faça exercícios pouco antes de se deitar, prefira um momento relaxante como ler um bom livro ou tomar um banho relaxante.

Hidrate-se

Certifique-se de que bebe os 2 litros de água recomendados por dia. A desidratação cansa-nos e deixa-nos mais irritáveis e com dores de cabeça. A água estimula os órgãos e sistemas do corpo e pode encorajar um comportamento mais ativo.

Exercícios de respiração

Os exercícios respiratórios podem estimular o seu corpo à medida que aumenta o oxigénio em circulação. Assim consegue fazer com que se sinta mais desperto. Respiração longa e profunda ou técnicas de meditação respiratória guiada podem ajudá-lo a sentir-se mais desperto e alerta.

Exercício Físico

Mulher a fazer uma caminhada

O exercício físico ajuda o sangue a circular e alivia o stress. Faça uma caminhada ou ande de bicicleta, por exemplo. Pode também fazer exercícios de fortalecimento muscular e exercícios de alongamento ou exercícios de yoga. Fazê-lo 2 a 3 vezes por semana é suficiente.

Há exercícios que pode mesmo fazer sem sair da cama e que lhe fazem relaxar, meditar e, em geral, a sentir-se mais equilibrado, como, por exemplo:

  • Deite-se de costas, expire e dobre os joelhos. Os seus pés devem estar a tocar um no outro. Traga os pés para perto da pélvis. Inspire, sustenha a respiração durante alguns tempo e depois expire lentamente. Repita 10 vezes.
  • A prancha abdominal fortalece os músculos abdominais, costas e ombros. Equilibre-se nos antebraços. Levante o tronco e forme uma linha reta. Permaneça nessa posição durante 20 segundos e respire com firmeza. Descanse durante 30 segundos e repita 3 vezes.
  • A ponte irá fortalecer e esticar todo o corpo. Deite-se de costas e coloque os pés na cama com os joelhos dobrados. Levante a sua pélvis e empurre-a para cima até o seu corpo entrar em linha reta. Fique nessa posição durante 30 segundos. Repita 3 vezes.
  • O próximo exercício de pernas tornará os seus músculos abdominais mais fortes e melhorará a sua circulação. Deite-se de costas e os seus braços devem estar esticados. Levante a perna direita até a perna e a anca formarem um ângulo de 90 graus. Baixe lentamente a perna. Repita 10 vezes para cada perna.

Tome um banho de água fria

Tomar banho de água fria, logo pela manhã, pode energizá-lo e refrescá-lo. Enquanto os banhos de água quente tendem a relaxar o corpo e a mente, a água fria pode fazer o oposto.

Fazer todas as refeições

Não salte refeições. As refeições mantêm os seus níveis de energia ao longo do dia. Se andar sempre a saltar refeições irá andar mais cansado.

Cafeína

Quando se está cansado temos a tendência para tomar um café, mas não se esqueça de ter cuidado com os efeitos da cafeína no seu corpo. A cafeína da-lhe um rápido impulso de energia, mas pouco tempo depois sentir-se-á ainda mais cansado do que antes.

Não fume

Um fumador tem menos energia que os não fumadores. O corpo precisa de combinar glicose com oxigénio para produzir energia, mas o monóxido de carbono do fumo do cigarro reduz a quantidade de oxigénio no corpo. Isto faz com que se sinta mais cansado.


Se pensa que a sua falta de energia está relacionada com alguma doença, seja ela física ou psicológica, não hesite em contactar um profissional.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: