Como pode o exercício físico ajudar no desempenho escolar?

Como pode o exercício físico ajudar no desempenho escolar?

Todas as crianças devem fazer exercício físico, pois este traz benefícios significativos às suas vidas. Estes benefícios não se limitam apenas ao desenvolvimento físico, mas também aos benefícios psicológicos e sociais. O exercício físico regular ajuda a desenvolver um sistema músculo-esquelético e cardiovascular saudável. Fortalece os seus ossos, os seus músculos e articulações, enquanto ajuda o seu coração e os seus pulmões e reforça o seu sistema imunitário. Além disso, ajuda a relaxar, a controlar o stress e a reduzir a ansiedade. Se optar por participar em atividades de grupo, ainda os ajuda a socializar e também ajuda na sua autoconfiança enquanto desenvolvem o seu espírito de equipa. Já para não falar que a prática regular de exercício físico ajuda a combater a obesidade infantil, um dos problemas dos jovens de hoje em dia. Mas será que realmente ajuda no desempenho escolar das crianças? Como é que o exercício físico pode influenciar no desempenho escolar das crianças?

Qual a relação entre a atividade física e o desempenho escolar?

Crianças na sala de aula.

As crianças ao praticarem exercício físico, aumentam o fluxo de sangue e oxigénio para o cérebro, levando à melhoria das suas funções cognitivas. Uma melhor oxigenação do cérebro melhora a sua memória e a sua concentração.

Além disso, ao participarem em desportos de equipa, as crianças aprendem a seguir regras e instruções e deste modo, eles são mais disciplinados na sala de aula e podem assim concentrar-se melhor nas aulas.

O Exercício físico também ajuda a reduzir o stress e a criar um melhor humor, pelo que pode ajudar as crianças a participar mais alegremente nas aulas.

O que dizem os investigadores

Este tema foi alvo de um estudo feito pelos investigadores das universidades de Dundee e Strathclyde. Estes investigadores foram liderados pela Dra. Josie Booth, que publicou o artigo no British Journal of Sports Medicine. Neste estudo os investigadores registaram um aumento no desempenho escolar devido ao exercício físico, concluindo assim que os jovens que se exercitavam ficaram melhores tanto na escola como nos testes. De facto, quanto mais regular e intenso for o exercício, maior será o impacto positivo nas notas tanto em disciplinas teóricas como nas ciências.

Mais exercício, melhores notas

Crianças a jogar futebol.
Os jovens que fazem exercício físico têm um melhor desempenho escolar.

Este estudo veio fazer com que muitos pais tenham de reconsiderar a sua abordagem de precisão única aos métodos de educação, uma vez que a investigação científica revelou que os jovens que fazem exercício físico têm um melhor desempenho escolar. Estes tem melhores notas tanto nas disciplinas teóricas como nas ciências, como a matemática e a física, por exemplo.

Assim, conclui-se que o exercício físico e, em particular, a inclusão semanal de atividade física sistemática de intensidade moderada pode melhorar o desempenho cognitivo dos alunos e, por extensão, melhorar o seu desempenho académico.

É recomendado aos jovens a prática de 60 minutos de exercício por dia. Agora cabe aos pais a importante tarefa de encorajarem os seus filhos a participar numa atividade desportiva. Encontre uma atividade desportiva, de preferência de grupo, que seja do agrado dos seus filhos. Seja você também um exemplo de estilo de vida ativo e saudável para eles. Assim, para além de estar a motivar o seu filho, ainda está a fazer bem à sua saúde.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: