Dieta do ovo cozido

Dieta do ovo cozido: a dieta de apenas 14 dias!

A dieta do ovo cozido é uma dieta de 14 dias que promete despertar o seu metabolismo e queimar gordura enquanto suprime os seus desejos de doces. Esta dieta é baixa em hidratos de carbono e calorias, mas muito alta em proteínas.

Foi concebida por Arielle Chandler, com intenção de ajudar na perda de peso, mas não é recomendada para um plano de dieta a longo prazo. Ela não deve exceder os 14 dias, uma vez que é mais uma dieta das que são muito restritivas.

Arielle Chandler escreveu um livro em 2018, onde explica esta dieta: “The Boiled Egg Diet: The Easy, Fast Way to Weight Loss!”. O livro oferece um plano de refeições estruturado, receitas e alimentos para comer e evitar.

A dieta do ovo cozido centra-se no método de cozedura mais saudável do ovo, uma vez que não requer a adição de óleo para cozinhar, mas apesar do seu nome, esta dieta não envolve apenas ovos.

Já existe algumas versões da dieta e algumas delas contêm proteínas magras. Esta dieta limita os hidratos de carbono, tornando-a assim essencialmente num tipo de dieta pobre em hidratos de carbono que requer o consumo de pelo menos dois a três ovos cozidos por dia.

A versão padrão da dieta é semelhante à dieta de Atkins com baixo teor de carboidratos e promove a perda de peso, reduz o apetite e queima calorias, podendo perder até 10 kg em 14 dias.

Qual a importância do ovo?

Taça com ovos.
Os ovos são uma fonte boa de proteína.

As claras de ovos contêm proteínas e gordura de alta qualidade, e as gemas são uma rica fonte de micronutrientes. Devido a este perfil nutricional, consumirá proteína, gordura e muitas vitaminas que o manterão cheio durante muito tempo.

Os ovos são uma proteína completa, o que quer dizer que contém todos os aminoácidos essenciais em quantidades suficientes.

Também contém colina. A colina é um nutriente que ajuda na produção de neurotransmissores que regulam a memória e o humor, entre outras funções.

O que pode comer nesta dieta

Nesta dieta para além de comer ovos, também pode comer proteínas magras como galinha, peru e peixe magro como o bacalhau e a pescada.

No caso das frutas e vegetais só pode comer os que tem baixo teor de hidratos de carbono como, por exemplo, os citrinos, as maçãs, os brócolos e as cenouras.

Deve beber bastante água para otimizar a sua ingestão de proteínas e fibras, também pode beber chá, ou café sem açúcar e sem leite.

Também pode comer manteiga e óleo de coco.

O que não pode comer nesta dieta

Não pode comer nenhuma alimento frito, nem carnes gordas como a carne de porco ou a carne vermelha e os peixes gordos. Nada de alimentos com açúcares transformados e bebidas com açúcar.

Nenhuns alimentos processados, tais como snacks doces e salgados, refeições congeladas e fast food.

Não pode usar sal, nem beber álcool.

Exemplo de um dia nesta dieta

  • Pequeno almoço: 2 ovos cozidos + 1 fruta
  • Almoço: Dois ovos cozidos com legumes cozidos.
  • Jantar: Frango com salada

Como a dieta é baixa em hidratos de carbono, consulte primeiro o seu médico antes de a começar, para saber se pode fazer uma dieta tão restritiva ou se tem alguma condição de saúde que faça com que não deva seguir a mesma.

Beber água é fundamental

Na dieta do ovo cozido deve-se beber muita água. A água otimizar a sua ingestão de proteínas e fibras, mas também ao ingerir elevados níveis de proteínas pode ficar com prisão de ventre ou estar a colocar tensão nos seus órgãos principais, já para não falar que a desidratação pode fazer com que coma em excesso.

O que acontece ao seu corpo quando faz esta dieta?

Barriga de mulher.

Ao fazer esta dieta reduzirá drasticamente os hidratos de carbono e o seu corpo já não precisará de tanta água para armazenar a energia que os hidratos de carbono fornecem. Então o seu metabolismo eliminará a água e irá notar imediatamente uma queda dramática no peso.

É verdade que também perde alguma gordura, não irá perder só água. Mas, quando parar a dieta após os 14 dias, e regressar á sua alimentação normal, com hidratos de carbono, o seu metabolismo, tentará armazenar a sua energia sob a forma de gordura, pois esteve privado deles durante o tempo da dieta.

Assim, para conseguir que esta dieta funcione, após terminar a dieta, volte a introduzir os hidratos de carbono muito lentamente na sua alimentação.

Esta dieta tem efeitos secundários?

Sim, tem. Como ela é uma dieta baixa em calorias e restringe muitos alimentos que contém fibra, pode não conseguir ingerir fibra suficiente. Se tal acontecer, pode estar em risco de obstipação. O risco de obstipação é particularmente elevado se comer apenas ovos, uma vez que os ovos não têm fibra.

Se sentir uma perda de força nos primeiros dias é normal, pois a restrição súbita de hidratos de carbono das suas refeições pode inicialmente fazê-lo sentir-se cansado, sem energia, com náuseas, dores de cabeça e problemas digestivos.

Também pode ter a sua função imunitária reduzida, assim como a sua densidade óssea.


Se tem algum problema de saúde, seria sensato consultar o seu médico antes de fazer mudanças dramáticas na sua dieta, a dieta de ovos cozidos poderia ser considerada dramática.

Se acha que comer tantos ovos pode fazer o seu colesterol subir muito, saiba que o colesterol não é afetado pelos alimentos que comemos como ovos, mas sim pelas gorduras e gorduras trans.

Os ovos são um alimento ideal para a mulher grávida, pois contém ácido fólico que promove a saúde e o desenvolvimento do feto.

Faça exercício físico ligeiro como uma caminhada, por exemplo, se se exercitar, os resultados serão muito melhores do que se seguir um estilo de vida sedentário.

Lembre-se que embora dietas restritivas possam resultar em perda de peso inicial, é possível recuperar o peso perdido uma vez retomada a sua dieta típica. Por conseguinte, não é a melhor opção para a perda de peso sustentável e a longo prazo.


AVISO LEGAL: As informações disponibilizadas nesta página devem apenas ser utilizadas a título informativo, não podendo, jamais, ser utilizadas em substituição a um diagnóstico médico por um profissional habilitado. Os autores deste site se eximem de qualquer responsabilidade legal advinda da má utilização das informações aqui publicadas.

Também poderá gostar: